Programas & Parcerias

Programas & Parcerias

Estudantes do programa Linkage da Yale Law School visitam Nova York.

Programas

Professores e estudantes em diversos Departamentos de Yale estão envolvidos em programas e colaborações com pesquisadores e instituições no Brasil.

Seminários em Ciências Biomédicas Yale-CAPES
Foto da Equipe do Zimmer Lab comparecendo ao Seminário CAPES de Ciências Biomédicas

Os Seminários em Ciências Biomédicas Yale-CAPES são simpósios anuais em Porto Alegre que trazem pesquisadores internacionais para o Brasil, onde servem de inspiração e interagem com a próxima geração de aspirantes a cientistas brasileiros. Em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior  (CAPES) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o objetivo desses seminários é capacitar uma nova geração de cientistas a prosseguir com seus interesses científicos e incentivar os alunos a pensar em termos globais sobre suas pesquisas atuais e futuras.

Foto da Equipe do Zimmer Lab comparecendo ao Seminário CAPES de Ciências Biomédicas.

Programa Linkage América Latina da Yale Law School

O Programa Linkage no Brasil é um esforço colaborativo com a Universidade de São Paulo, a FGV Direito em São Paulo e no Rio de Janeiro, e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Os principais objetivos do programa são melhorar a compreensão dos participantes sobre a relação entre direito e valores democráticos nos Estados Unidos e na América Latina e criar oportunidades para que estudantes de direito desenvolvam relações com seus pares nos outros países. Os participantes são hospedados por alunos de nossas instituições parceiras em São Paulo e Rio de Janeiro. Yale, por sua vez, recebe os alunos selecionados dessas escolas quando visitam Yale no início do ano letivo.

Seminario en Latinoamérica de Teoría Constitucional y Política (SELA)  Alejandro Madrazo LL.M.’03, J.S.D ’06; Paul Kahn ’80, Professor Robert W. Winner de Direito e Humanidades e diretor do Schell Center for International Human Rights; Martín Böhmer LL.M. ’90, J.S.D ’12; e Celeste Braga Beatove

Seminario en Latinoamérica de Teoría Constitucional y Política — o Seminário na América Latina de Teoria Constitucional e Política, ou SELA, como ficou conhecido por sua sigla espanhola — é um encontro acadêmico anual que reúne estudiosos da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Jamaica, México, Paraguai, Peru, Porto Rico, Espanha e Estados Unidos. Todos os anos, os participantes discutem uma seleção de trabalhos escritos para o seminário que refletem um conjunto de temas determinados pelos diretores do corpo docente e por representantes de universidades parceiras. Os trabalhos são distribuídos e lidos antes da reunião para que o seminário seja reservado para discussão aprofundada e debate dos trabalhos que, após modificações dos autores, são publicados em um livro em espanhol.

Foto dos painelistas em evento do SELA:  Alejandro Madrazo LL.M.’03, J.S.D ’06; Paul Kahn ’80, Professor Robert W. Winner de Direito e Humanidades e diretor do Schell Center for International Human Rights; Martín Böhmer LL.M. ’90, J.S.D ’12; e Celeste Braga Beatove.

Fox International Fellowship

A Fox International Fellowship é um programa de intercâmbio de estudantes de pós-graduação entre Yale e 20 parceiros acadêmicos em todo o mundo com o objetivo de melhorar a compreensão mútua através da promoção de intercâmbios acadêmicos internacionais e colaborações entre a próxima geração de líderes. Para alcançar esse objetivo, o programa busca identificar e incentivar os alunos interessados em aproveitar o conhecimento acadêmico para responder aos desafios mais urgentes do mundo. Por essas razões, recebemos especialmente os alunos matriculados nas ciências sociais e disciplinas relacionadas nas escolas profissionais. A Yale busca conjuntamente esses objetivos com 20 das universidades líderes na África, Ásia, Austrália, Europa, Oriente Médio e Américas. Há mais de 600 ex-alunos na extensa rede da Fox Fellowship. A instituição parceira do programa Fox no Brasil é a Universidade de São Paulo.

The Maurice R. Greenberg World Fellows Program

O programa Maurice R. Greenberg World Fellows é uma iniciativa global de desenvolvimento de liderança e um elemento importante do contínuo compromisso de Yale com a internacionalização. O programa World Fellows seleciona um grupo diverso para passar quatro meses nas acomodações da universidade de Yale para crescer intelectual, compartilhar conhecimento, fortalecer habilidades e expandir redes. Estabelecido em 2002, o Programa agora tem uma rede de mais de 300 World Fellows contribuindo para suas comunidades em 90 países, conectados entre si e com Yale. Há cinco World Fellows do Brasil.

Global Network for Advanced Management na Yale School of ManagementFoto de quatro estudantes brasileiros participando  na  Yale’s Integrated Leadership Case Competition, promovida pela GNAM

Lançada em 2012, a Global Network for Advanced Management (GNAM) inclui 31 instituições líderes em diversas regiões, países, culturas e economias em diferentes fases de desenvolvimento. Representando uma mudança para além dos modelos tradicionais de parceria, a rede oferece caminhos únicos para iniciativas inovadoras, fornecendo uma plataforma flexível e eficiente para que as instituições trabalhem juntas e aproveitem recursos que excedem em muito o que qualquer membro poderia ter por conta própria. A escola membro do GNAM no Brasil é a FGV Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Brasil. As escolas membros do GNAM tem trabalhado cooperativamente em uma variedade de projetos que, em termos cumulativos, já alcançaram milhares de alunos. Por meio da Global Network Weeks, os alunos buscam estudo intensivo em outra instituição da Global Network e passam a estar expostos a novos ambientes de negócios. GNAM oferece cursos on-line para obtenção de crédito que permitem que alunos em todo o mundo aprendam com os especialistas do corpo docente e colaborem em projetos de equipe.

Foto de quatro estudantes brasileiros participando  na  Yale’s Integrated Leadership Case Competition, promovida pela GNAM.


Parcerias

Corpo docente e estudantes em toda Yale estão envolvidos em diversas parcerias e colaborações com pesquisadores e instituições no Brasil. Destacam-se:

Yale-CAPES

As Ciências Biológicas e Biomédicas de Yale (BBS; Biological and Biomedical Sciences) têm forte parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O Programa CAPES-Yale de pós-graduação forma os estudantes brasileiros mais promissores e os prepara para se tornarem líderes internacionais na academia e na indústria. Os alunos são financiados conjuntamente pela CAPES e Yale e são elegíveis para participar de qualquer linha de pesquisa de BBS. Participam de todas as atividades acadêmicas regulares do BBS e também de programas especializados de desenvolvimento profissional exclusivamente para eles. Atualmente, há 11 bolsistas de Yale-CAPES como parte do programa BBS em Yale.

Fundação Getulio Vargas (FGV)Foto de estudantes da SOM participando na  Global Network Week na FGV.

Diversas unidades da FGV possuem fortes conexões com Yale. A Escola de Administração de Empresas da FGV São Paulo é a escola membro da Global Network for Advanced Management (GNAM), da Yale School of Management. O Council on Latin American & Iberian Studies (CLAIS) estabeleceu uma forte parceria com a FGV - Rio de Janeiro, assim como com a Faculdade de Direito da FGV - Rio de Janeiro. A FGV - Rio, sua Faculdade de Direito e o CLAIS têm colaborado em diversas iniciativas, incluindo uma conferência sobre Estudos Brasileiros nos Estados Unidos em 2018 com o Ministério da Educação. A conferência reuniu indivíduos-chave em estudos brasileiros de todos os Estados Unidos, bem como indivíduos de destaque da FGV. Em parceria com a Yale School of Public Health,  FGV Rio de Janeiro e o CLAIS também estão promovendo uma próxima conferência relacionada à saúde pública e medicina, que foi remarcada e está prevista para ser realizada em abril de 2021.

Foto de estudantes da SOM participando na  Global Network Week na FGV.

Global Health Justice PartnershipFoto da Yale Law School.

Estudantes da Global Health Justice Partnership (GHJP), iniciativa conjunta entre a Yale Law School e a Yale School of Public Health, participam de pesquisa colaborativa com parceiros brasileiros do projeto. Por exemplo, em 2016, estudantes viajaram ao Rio de Janeiro para se reunir com três parceiros brasileiros e outras organizações locais para discutir a pesquisa atual e o ativismo relacionado às intersecções entre direitos reprodutivos e a epidemia de Zika no Brasil. Entre os parceiros do projeto estão o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), Ipas e Promundo.

Foto da Yale Law School.

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)Foto do local para estudos comunitários em saúde pública  do projeto Yale-Fiocruz em Salvador, Brasil.

Yale e a Fundação Oswaldo Cruz (também conhecida como Fiocruz) colaboram em cursos de saúde pública de curta duração ministrados pelo corpo docente de ambas as instituições na cidade de Salvador, Bahia. Esses cursos têm se concentrado em pesquisas epidêmicas para enfrentar problemas de saúde pública. Além disso, mais de vinte estudantes de Yale, incluindo três bolsistas da Fulbright, participaram de pesquisas em saúde pública e programas educacionais da Fiocruz. Pesquisadores da Fiocruz participaram de inúmeras colaborações com a Yale School of Public Health e dois professores foram recentemente premiados com financiamento da Fundação Gates sobre surtos de doenças em Salvador, Brasil.

Foto do local para estudos comunitários em saúde pública  do projeto Yale-Fiocruz em Salvador, Brasil.

Universidade de São Paulo (USP)Foto de participantes do programa USP.

A Universidade de São Paulo é uma das maiores e mais prestigiadas instituições de pesquisa da América Latina. Yale e USP têm uma conexão de longa data, fazendo a ponte para a colaboração em pesquisas por todo o continente. Este forte relacionamento é alimentado por visitas recíprocas de professores e por programas de pesquisa. Estudantes de ambas as instituições têm a oportunidade de realizar pesquisa em campos que vão desde saúde pública a assuntos globais, através de programas que incluem o Fox International Fellowships e o programa CAPES-Yale BBS. Esses programas oferecem financiamento para permitir que os alunos da USP e de Yale prossigam nos estudos de pós-graduação sem maiores preocupações devido a restrições financeiras.

Foto de visita do reitor da USP Vahan Agopyan em 2018 a Universidade de Yale.